Mamebox: O Hiato e A Oferta

December 19, 2011

Este título está parecendo conto do Fernando Pessoa mas serve.

Bem, aos que acompanham o projeto, minhas desculpas pela longa pausa. Infelizmente fiquei comprometido com outros assuntos e isso, somado à certas frustrações que tive com este projeto o deixaram no gelo por 4 meses.

Que frustrações? Eu descobri que habilidade de marcenaria não é hereditária. Apesar de meu pai ter sido muito habilidoso trabalhando com madeira eu não sou. Isso, somado à falta de ferramentas adequadas (ou melhor, falta de capacidade de usar as que tenho de maneira adequada) me fizeram postergar este projeto.

Como eu não gostaria de que isso morresse assim, gostaria de fazer uma oferta: se você que estiver lendo este post for bom em trabalhar com madeira e quiser me ajudar a terminar este gabinete, eu ofereço em troca todo o hardware e software para montar o seu Mamebox. E digo tudo mesmo, da CPU aos controles de arcade. Se a ideia lhe interessa e você for da região de Joinville, deixe seu comentário ou entre em contato por email.

8 Responses to “Mamebox: O Hiato e A Oferta”

  1. Adilson, como você, tinha um projeto de Mamebox e também não tenho tanta habilidade para com os artefatos de madeira, então tentei mandar o MDF do gabinete para ser confeccionado por marceneiros profissionais. Primeiro problema foi que nenhum queria “pegar” o serviço, pois pensavam que eu estava montando uma máquina caça níquel. Depois de muita pesquisa, consegui um cara pra fazer isso aqui no Rio. Meu projeto está no arcadecontrols.com. Se tiver interesse em dar uma olhada: http://forum.arcadecontrols.com/index.php?topic=113846.0 Abraço, Junix

  2. Oi.

    Sabe que este é exatamente meu problema? Eu não ia fazer eu mesmo mas não acho um marceneiro disposto a fazer o gabinete e nem é pela mesma causa, ao menos nenhum me disse nada do gênero, mas simplesmente por “não valer à pena”. De qualquer agradeço muito o link, vou dar uma olhada com mais calma.

  3. Olá Adílson, em primeiro lugar sempre achei que você estivesse mais distante…Moro em Itapoá, sou representante comercial, atuo em Santa Catarina.Sou usuário Ubuntu desde a 6.10, sempre que posso vejo matéria publicada no Planeta Ubuntu. Talvez já conheça Itapoá, quanto ao seu chamado caso ir réplicas
    complementando por Felipe Moreira (anônimo)
    não tenha pressa em finalizar seu projeto, vai uma sugestão
    vamos encontrar um marceneiro nato, ele põe preço na confecção da peça eu apresento ao chefe quem sabe consigo
    uma verbinha para custear parte do projeto….

  4. Olá Luiz.
    Já passei por Itapoá na época que trabalhava para a Unimed e andava muito pelo estado. O problema é achar um marceneiro querendo pegar o serviço :(

  5. Esse cara aqui chegou a montar uma máquina dessas https://twitter.com/#!/CriadorDeJogos
    Quem sabe conversando vc tenha alguma ideia nova.

    Faz tempo q eu queria falar isso mas lá no serviço n tem twitter ai complicou ^^

    Eu já tive vários momentos de desistir no meu projeto, mas ai esfriava a cabeça, deixava a empolgação de lado… e procurava adquirir novas “skils”. Tem horas q só assim msm.

    Abrçs e boa sorte.

  6. Valeu colega. Como eu disse, meu problema agora é falta de habilidade com a madeira. De qualquer maneira, vou mesmo dar um tempo devido a outras prioridades mas vou voltar.

  7. Abandonou o projeto?gostaria das medidas e qual tela vc usou

  8. Oi
    Desculpe a demora em responder, por algum motivo eu não vi seu comentário. O projeto está no limbo pois não consigo achar, acredite se quiser, um marceneiro disposto a fazer o gabinete para mim.
    O monitor que pretendo usar é um IBM P275, CRT tela plana de 21″. http://support.lenovo.com/en_US/detail.page?LegacyDocID=MIGR-4YTJQJ

Leave a Reply